.
Want Wikipedia to look like this?   
Click here to upgrade your Wikipedia experience
Estádio Joaquim Américo Guimarães | QuickiWiki

Estádio Joaquim Américo Guimarães

  PO

Overview

Arena da Baixada
Estádio Joaquim Américo Guimarães
Arena da Baixada
Nomes
Nome Estádio Joaquim Américo Guimarães
Apelido Arena da Baixada
Caldeirão do Diabo
Características
Local Curitiba
 Paraná,  Brasil
Gramado Bermuda Tifway 419[1] (105 x 68 m)
Capacidade 43.000 pessoas[2]
Construção
Data 1914
Custo US$30.000.000(Primeira Fase) R$326.700.000 (Reforma para Copa do Mundo 2014)[3]
Inauguração
Data 6 de setembro de 1914
20 de junho de 1999
14 de maio de 2014
Partida inaugural Internacional-PR 1 x 7 Flamengo-RJ (1914)
Atlético Paranaense 2x1 Cerro Porteño (1999)
Atlético Paranaense 1x2 Corinthians (2014)
Primeiro gol Arnaldo (Flamengo)(1914)
Lucas (Atlético)(1999)
Marcelo Cirino (Atlético)(2014)
Recordes
Público recorde 39.375 Pessoas[4]
Data recorde 23 de junho de 2014
Partida com mais público Flag of Australia.svg Austrália 0 x 3 Flag of Spain.svg Espanha
Outras informações
Remodelado 1993 a 1994
1997 a 1999
2012 a 2014
Demolido Final de 1996
Proprietário Clube Atlético Paranaense
Administrador Clube Atlético Paranaense
Mandante Clube Atlético Paranaense


Estádio Joaquim Américo Guimarães - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Estádio Joaquim Américo Guimarães

O Estádio Joaquim Américo Guimarães é o estádio do Clube Atlético Paranaense (CAP), localizado em Curitiba, capital do estado do Paraná, Brasil. Conhecido como Arena da Baixada, o espaço foi o primeiro palco do futebol brasileiro a adotar o naming rights com o título de Kyocera Arena entre 2005 e 1º de abril de 2008 e com a escolha de Curitiba para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a Arena, entre 2012 e 2014, foi reformada, com a ampliação de capacidade de modo a atender os padrões exigidos pela FIFA e passando a ter mais de 43.000 lugares.[5]

Localizado no bairro do Água Verde, tem como forte diferencial sua localização, próximo ao centro da capital paranaense. A história do estádio do Atlético começou no início do século XX, quando em 1914, Joaquim Américo Guimarães, então presidente do Internacional (clube que originaria o Clube Atlético Paranaense), comandou a construção do estádio Baixada da Água Verde. O Atlético surgiu dez anos depois, herdando o patrimônio e batizando o estádio com nome do principal responsável por seu surgimento.

Kyocera

Em Março de 2005, o CAP anunciou a venda dos direitos de nome da Arena para a empresa japonesa Kyocera Mita América por três anos, renováveis por mais dois, resultando no novo nome de Kyocera Arena. Os asiáticos também passaram a ser patrocinadores da camisa do time. A venda do nome do estádio, comum na América do Norte e Europa, foi pioneiro no Brasil. O acordo foi desfeito a partir de 1º de Abril de 2008 por decisão do Atlético para tentar buscar outros parceiros mais lucrativos, devido à expectativa existente na época, do estádio abrigar jogos da Copa do Mundo de 2014.[6]

O Estádio

O antigo estádio, preterido pelo CAP de 1987 a 1993 (quando usou o Estádio do Pinheirão), sofreu uma reforma em 1994, sendo feitas novas arquibancadas e as sociais, as quais foram demolidas junto com o restante três anos depois, em 1997.

A Arena

A construção da primeira fase da nova Arena durou um ano, seis meses e 20 dias. O canteiro de obra foi lançado em 1º de dezembro de 1997 e em 20 de junho de 1999 foi entregue. [7] . O custo da construção foi de cerca de US$ 30 milhões. Portanto, o Estádio Joaquim Américo Guimarães, em sua nova fase ou Arena da Baixada, foi inaugurada em 24 de junho de 1999 com o jogo Atlético Paranaense 2x1 Cerro Porteño (com o primeiro gol desta nova fase do atacante Lucas[8] ),

Vista aérea das obras em outubro de 2012 - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Vista aérea das obras em outubro de 2012

Após a reforma de 1999, o estádio ainda necessitava da sua conclusão, e esta conclusão ocorreu com as obras finais, entre os anos de 2012 e 2014, com o objetivo de ser uma das doze sedes da Copa do Mundo de 2014. A partir da reinauguração de 1999, o estádio ostentou o título de o mais moderno de toda a América latina. Este título perdurou até o ano de 2007 quando o estádio Engenhão foi inaugurado.

Estádio já existia antes mesmo da criação do Clube Atlético Paranaense - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Estádio já existia antes mesmo da criação do Clube Atlético Paranaense

Setor Brasílio Itiberê

O estádio quando reconstruído em 1999, não pôde obedecer o projeto original por completo, pois o espaço destinado a reta localizada no lado da Rua Brasílio Itiberê estava ocupado por uma escola. Após anos de uma disputa judicial e depois de aguardar a transferência da escola para um novo endereço, o clube pode dar sequência na finalização do projeto, agora com novas linhas e arquitetura.

No domingo, 24 de junho de 2009, data de aniversário de 50 anos do primeira partida de um clube paranaense em uma competição nacional (Hercílio Luz 1 x 2 Atlético Parananaense)[9] marcou também a conclusão da primeira fase deste projeto ao entregar, ao seu torcedor, as cadeiras do "setor" Brasílio Itiberê.

Em estruturas pré-moldadas de concreto e assentos personalizados a obra finalizou o primeiro anel do estádio, podendo, agora, o clube contar com o apoio de novos 4.700 torcedores. A capacidade atual do estádio, após a conclusão deste setor passou para 28.273 lugares[10] .

A inauguração deste setor foi no jogo entre o furacão e o tricolor paulista, o São Paulo Futebol Clube, no campeonato brasileiro de 2009 com o resultado de 1x0 para o time da casa.[11]

Reta Brasílio Itiberê no jogo Atlético x São Paulo – Brasileirão 2009 - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Reta Brasílio Itiberê no jogo Atlético x São Paulo – Brasileirão 2009
Jogo disputado na Arena da Baixada em 2008 - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Jogo disputado na Arena da Baixada em 2008

Conclusão do Estádio

Após o término do Brasileirão de 2011[12] , na vitória de 1x0 sobre o rival Coritiba[13] , o Atlético fechou a Arena para jogos e assim, iniciar a conclusão do estádio, que entre os anos de 2012 até maio de 2014, ocorreram a remodelação estrutural para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014.

No aniversário de Curitiba, dia 29 de março de 2014, houve o primeiro jogo de inauguração, um jogo amistoso entre o Clube Atlético Paranaense e o J.Malucelli e com o placar de 0x0. Este evento foi um jogo teste administrado pelo clube, com público reduzido (10 mil pagantes), pois haviam muitas setores com obras inacabadas[14] .

A inauguração oficial (a pedido da FIFA), ocorreu em 14 de maio de 2014, num novo amistoso, agora entre o Atlético e o Sport Club Corinthians Paulista, quando o clube paulista ganhou de 2x1 e o primeiro gol marcado nesta nova inauguração foi do atacante rubro negro, Marcelo Cirino, aos treze minutos do primeiro tempo. O jogo foi para um público de 30 mil pagantes, pois a carga completa de cadeiras ainda não havia sido instalada[15] .

Recordes de público

Após a reconstrução do estádio para a nova arena e com a capacidade estimada em mais de 28.000 lugares, o recorde de púbico ocorreu no dia 16 de dezembro de 2001, no primeiro jogo da final do campeonato brasileiro de 2001, com 31.700 torcedores[16] no jogo entre Atlético Paranaense 4x2 São Caetano. O público foi superior a capacidade, em função de que até então o estádio não contava com assentos numerados, mas somente arquibancadas de concreto, o que propiciou este número.

Com a reforma para receber os jogos da Copa do Mundo de 2014, a capacidade aumentou e o recorde atual ocorreu no dia 23 de junho de 2014, entre as seleções da Austrália e Espanha, com o resultado final de 3 a 0 para os espanhóis em um público total de 39.375 pessoas[17] .

Copa do Mundo FIFA de 2014

Arena da Baixada durante o jogo Irã e Nigéria pela Copa do Mundo FIFA de 2014. - Estádio Joaquim Américo Guimarães
Arena da Baixada durante o jogo Irã e Nigéria pela Copa do Mundo FIFA de 2014.

A Arena da Baixada recebeu quatro jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014, sendo os quatro jogos da fase inicial:

Data Horário
(UTC−3)
Equipe #1 Placar Equipe #2 Grupo Público
16 de junho 16:00 Irã Flag of Iran.svg 0 – 0 Flag of Nigeria.svg Nigéria Grupo F 39 081[18]
20 de junho 19:00 Honduras Flag of Honduras.svg 1 – 2 Flag of Ecuador.svg Equador Grupo E 39 224[19]
23 de junho 13:00 Austrália Flag of Australia.svg 0 – 3 Flag of Spain.svg Espanha Grupo B 39 375[20]
26 de junho 17:00 Argélia Flag of Algeria.svg 1 – 1 Flag of Russia.svg Rússia Grupo H 39 311[21]

Referências

  1. Gramado da Arena já está trocado (em Português) Clube Atlético Paranaense. Página visitada em 16 de Dezembro de 2008.
  2. FIFA devolve a arena ao Atlético e retira o seu mobiliário, voltando a capacidade de 43.000 lugares Tribuna do Paraná
  3. Obra da Arena da Baixada tem novo valor Esporte Terra
  4. Público Austrália x Espanha LANCE!
  5. Moderna, Arena da Baixada projeta espaço para 42 mil Terra
  6. Globo Esporte - Furacão não renova com patrocinador. Acessado em 01 de junho de 2008.
  7. Site Oficial - Kyocera Arena completa sete anos. Acessado em 01 de junho de 2008.
  8. Atacante Lucas decide encerrar a carreira Gazeta do Povo
  9. Parana-Online – Cinquenta anos da estréia em competição nacional. Acessado em 23 de agosto de 2009.
  10. Clube Atlético Paranaense – Estrutura Estádio Joaquim Américo. Acessado em 12 de maio de 2011.
  11. Portal RPC – Inauguração Setor Brasílio Itiberê. Acessado em 16 de agosto de 2009.
  12. Atlético-PR mandará jogos fora da Arena da Baixada ESP Brasil
  13. Arena da Baixada será fechada para reformas Vermelho da Paixão
  14. Em dia de festa, Atlético-PR empata sem gols na volta à Arena da Baixada Globo Esporte
  15. Corinthians vence Atlético-PR na inauguração da Arena da Baixada Jornal O Globo
  16. Arena da Baixada completa 98 anos Site ClicRBS - Jornal de Santa Catarina
  17. FICHA TÉCNICA ESPANHA 3 X 0 AUSTRÁLIA Jornal O Globo
  18. Ficha técnica - Irã e Nigéria não saem do zero em Curitiba Portal Band Sports
  19. Em jogo de muita correria, Equador vence Honduras de virada Portal LanceNet - LANCE!
  20. Mesmo com muito sono, Espanha bate a Austrália na despedida da Copa Diário LANCE! - 23 de junho de 2014
  21. Ficha técnica: Argélia 1 x 1 Rússia Gazeta Esportiva - 26 de junho de 2014
This page is based on data from Wikipedia (read/edit), Freebase, Amazon and YouTube under respective licenses.
Text is released under the Creative Commons Attribution-ShareAlike License.